Noite alimentação de uma criança

Noite alimentando bebês

Alimentação noturna de uma criança até um ano, depois de um anoA alimentação noturna de uma criança causa controvérsia entre os pediatras. Alguns argumentam que o estômago do bebê deve descansar à noite e não digerir os alimentos. Os segundos têm a certeza de que o leite da mãe é um produto facilmente assimilável e não carrega o estômago. A alimentação noturna de uma criança até um ano é um ponto importante em todo o processo de nutrição.

Resumidamente, o processo de amamentação pode ser descrito da seguinte forma: "Demanda cria oferta". A migalha foi anexada ao peito, um sinal é dado - o leite é necessário. Produz-se, a criança come, daqui a pouco novamente aplica-se. O sinal é alimentado novamente. Quanto mais aplicado ao seio - mais leite será.

Benefícios da alimentação noturna

Há mais uma verdade que é importante lembrar: a alimentação noturna é determinada pela alimentação diurna. Isto significa que quanto melhor, mais longo e mais completo for o processo de alimentação à noite, mais leite será durante o dia. Enquanto a lactação é estabelecida, os anexos noturnos ao seio desempenham um papel crucial. Afinal, a produção do hormônio prolactina, responsável pela quantidade de leite, ocorre no período noturno.

Discutindo a alimentação noturna do bebê, é impossível evitar o tópico do sono articular. Aqui, no entanto, como em todas as questões de alimentação, educação e cuidado, existem pontos de vista opostos. Oponentes da mãe e do bebê adormecidos ao lado argumentam que a mãe não vai dormir o suficiente se o bebê estiver próximo; ela pode esmagar uma criança à noite e, em geral - não faça isso! Há um berço e um ponto! E aqueles que consideram um sonho comum uma dádiva, dizem: Mamãe dorme melhor se o nariz-kurnosik engolir juntos; o processo de alimentação é longo, o que aumenta a produção de prolactina; O contato próximo de mãe e filho proporciona a um homenzinho uma sensação de conforto e segurança. Portanto, a maioria das mães pratica o sono conjunto e a amamentação do bebê à noite após um ano de vida.

Frequência de alimentação

Todos individualmente. Há crianças que dormem 5-6 horas desde o nascimento sem intervalo. Há também aqueles que acordam a cada hora. Há muitos fatores: corte de dentes, fome, desconforto físico (quente, duro, a caneta está velha), barriga e assim por diante. O leite materno não é apenas saciado, mas também ajuda a se acalmar, relaxar. Você pode imaginar uma imagem: um bebê arqueia e grita, sua mãe o coloca no peito e a criança imediatamente se acalma, relaxa, ocasionalmente soluçando.

Nossa vida é imprevisível e pode haver uma situação em que é necessário reduzir o aleitamento materno ao mínimo. Para isso, gradualmente afastamos a criança da alimentação noturna. Quantas vezes para alimentar a criança durante a noite, a mãe decide. Às vezes, é aconselhável oferecer água doce ou regular, mingau, leite de vaca em vez de peito. A água doce pode levar ao desenvolvimento de "cárie de mamadeira", o leite de vaca é mais digerido do que o da mãe. Uma água simples não apaga a sensação de fome.

É necessário alimentar a criança o máximo possível durante o dia, para que ele receba leite materno e contato tátil. Ofereça o seio ao bebê assim que for se deitar. Não deixe preguiçoso chupar peito, se a criança comeu. E ofereça à criança uma alternativa para adormecer sob a massagem dos seios, acariciar, acariciar, balançar. Deixe-o sentir seu amor e carinho.

LEAVE ANSWER